Fisioterapia

Objetivos do Curso

O Curso de Fisioterapia ministrado pela Faculdade Objetivo caracteriza-se por sua concepção moderna e abrangente em consonância com as mais recentes inovações e desenvolvimento da área, com o apoio de laboratórios modernos e específicos para este curso.

A formação do Fisioterapeuta tem por objetivo dotar o profissional dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades específicas:

– Respeitar os princípios éticos inerentes ao exercício profissional;

– Atuar em todos os níveis de atenção à saúde, integrando-se em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação da saúde, sensibilizados e comprometidos com o ser humano, respeitando-o e valorizando-o;

– Atuar multiprofissionalmente, interdisciplinarmente, transdisciplinarmente com extrema produtividade na promoção da saúde baseado na convicção científica, de cidadania e de ética;

– Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida com conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema;

– Contribuir para a manutenção da saúde, bem estar e qualidade de vida das pessoas, famílias e comunidade, considerando suas circunstâncias éticas, políticas, sociais, econômicas, ambientais e biológicas;

– Realizar consultas, avaliações e reavaliações do paciente colhendo dados, solicitando, executando e interpretando exames propedêuticos e complementares que permitam elaborar um diagnóstico cinético-funcional, para eleger e quantificar as intervenções e condutas fisioterapêuticas apropriadas, objetivando tratar as disfunções no campo da Fisioterapia, em toda sua extensão e complexidade, estabelecendo prognóstico, reavaliando condutas e decidindo pela alta fisioterapêutica;

– Elaborar criticamente o diagnóstico cinético funcional e a intervenção fisioterapêutica, considerando o amplo espectro de questões clínicas, científicas, filosóficas éticas, políticas, sociais e culturais implicadas na atuação profissional do fisioterapeuta, sendo capaz de intervir nas diversas áreas onde sua atuação profissional seja necessária;

– Exercer sua profissão de forma articulada ao contexto social, entendendo-a como uma forma de participação e contribuição social;

– Desempenhar atividades de planejamento, organização e gestão de serviços de saúde públicos e privados, além de assessorar, prestar consultorias e auditorias no âmbito de sua competência profissional;

– Emitir laudos, pareceres, atestados e relatórios;

– Prestar esclarecimentos, dirimir dívidas e orientar o indivíduo e os seus familiares sobre o processo terapêutico;

– Manter a confidencialidade das informações, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral;

– Encaminhar o paciente, quando necessário, a outros profissionais relacionando e estabelecendo um nível de cooperação com os demais membros da equipe de saúde;

– Manter controle sobre a eficácia dos recursos tecnológicos pertinentes à atuação fisioterapêutica garantindo sua qualidade e segurança;

– Conhecer métodos e técnicas de investigação e elaboração de trabalhos acadêmicos e científicos;

– Conhecer os fundamentos históricos, filosóficos e metodológicos da Fisioterapia e seus diferentes modelos de intervenção.

Mercado de Trabalho

O fisioterapeuta pode atuar na rede pública ou privada, como em clubes desportivos e academias (na prevenção/ tratamento de lesões esportivas), na promoção da saúde coletiva (programas institucionais, ações básicas de saúde, vigilância sanitária, serviços de atenção especializada no cuidado de hansenianos, diabéticos, hipertensos, idosos, grupos de gestantes, gestão administrativa, saúde do trabalhador, etc.), clínicas e consultórios particulares, centros de reabilitação, hospitais (no atendimento ambulatorial, de leito e de terapia intensiva), na educação (docência, extensão, pesquisa, supervisão técnica e administrativa, direção e coordenação de cursos), indústrias (produção de equipamentos de uso da fisioterapia, esportes, e na prevenção de doenças ocupacionais).

As principais áreas de atuação da fisioterapia são: Traumato-Ortopedia Funcional (Músculo-Esquelética),Geriatria, Pediatria, Reumatologia, Preventiva, Cardio-respiratória (Pneumo-Funcional), Neurologia (Neuro-Funcional), Angiologia, Dermato-Funcional (Estética), Queimados, Acupuntura, Hidroterapia, Uroginecologia.